Futebol Candango anuncia seu novo parceiro

barbearia

O Futebol Candango tem a honra de anunciar seu mais novo parceiro:

A BARBEARIA FUTEBOL CLUBE é a primeira barbearia voltada ao futebol do mundo, com um novo conceito para proporcionar ao cliente o que existe de melhor no ramo, onde o ambiente e o atendimento são minuciosamente envolventes, transformando o simples ato de fazer a barba ou cortar o cabelo em um momento de lazer.

Atualmente, os homens vêm aprendendo a cuidar da aparência, e passaram a ser exigentes com os locais que frequentam, isso fez com que a Barbearia Futebol Clube acompanhasse o crescimento do mercado, tornando-se uma referência na região.

A Barbearia Futebol Clube é um lugar onde, entre um corte de cabelo e uma aparada na barba, as pessoas se encontram para falar de futebol.

Conheça um das duas unidades e corte o cabelo ou faça a barba em um verdadeiro museu dedicado ao futebol, assistindo seu programa esportivo favorito ou jogando PS3.

BARBEARIA FUTEBOL CLUBE

Asa Norte
Avenida W3 Norte, Quadra 711, Bloco A loja 54 | Telefone: (61) 3447-6302.

Aguas Claras
Avenida Castanheiras, Qd 101 lote 350 Ed Laguna Mall, loja 10 | Telefone: (61) 3382-2055.

Ninguém vai ter vida fácil – resumo da 1ª rodada do Candangão 2016

Fábio Gama comemora o gol que completou a vitória gamense por 3 a 1.

Fábio Gama comemora o gol que completou a vitória gamense por 3 a 1.

Não pensem que porque tivemos times goleando teremos gente disparando na tabela – até mesmo porque terminar a primeira fase um ou dez pontos na liderança dá na mesma. O Candangão começou e pudemos ver que mesmo os times que perderam em algum determinado momento de suas partidas deram trabalho aos adversários.

A exceção é o Santa Maria, que tomou um gol logo aos três minutos de jogo e aí não conseguiu mais se encontrar em campo mesmo tendo tido a oportunidade de diminuir o prejuízo marcando dois gols. Quanto ao Brasiliense qualquer desconfiança quanto ao elenco de 2016 foi dissipada por completo com esse sonoro 5 a 2 na Águia Grená, provando que camisa tem peso sim, mesmo aqui no futebol do DF.

Pode-se dizer que o mesmo aconteceu com o Cruzeiro no dia anterior e no mesmo estádio (o Abadião), só que como o gol demorou um pouquinho mais pra sair (foi aos 18 minutos) ainda pode-se dizer que o Carcará teve aquele momento de estudos que tem em todo primeiro jogo da temporada, onde os times se estudam antes de partir pra cima um do outro. Só que o gol do Ceilândia fez com que o time do Cruzeiro começasse a bater cabeça e permitisse que o Gato Preto chegasse ao placar de 3 a 0 ao final.

Enquanto isso no Augustinho Lima tivemos como destaques não os goleadores, mas aqueles que trabalham para evitar que eles apareçam. Welder, do Leão da Serra e Márcio, do Tsunami do Cerrado foram os protagonistas da reabertura do estádio serrano para o público, que no fim graças ao (muito) trabalho de ambos ficaram sem ver as redes balançarem no confronto entre Sobradinho e Formosa.

No mesmo dia houve outro empate, mas com gols no Serra do Lago, casa que abrigou o confronto entre Brasília e Atlético Taguatinga que deveria ser no Mané Garrincha (falaremos sobre isso em outro post). Os presentes contemplaram tanto o belo gol de bicicleta de Anjinho pelo Colorado quanto o gol originado do contra-ataque e da perseverança do Rubo-negro (que vestia azul em homenagem ao TEC) que desfechou no gol de Gaúcho. Em comum os dois autores saíram do banco para decidir a partida, que segundo os próprios personagens do jogo foi considerado um tropeço do Time do Avião.

Times entraram em campo empunhando faixa de apoio ao combate ao Aedes Aegypti.

Times entraram em campo empunhando faixa de apoio ao combate ao Aedes Aegypti.

Fábio Gama

Fábio Gama

No dia seguinte foi a vez do Gama entrar em campo para receber o Planaltina-GO em sua primeira partida na primeira divisão local. Assim como no Serra do Lago o personagem decisivo da partida também saiu do banco: Fábio Gama e Dodô entraram no lugar de Adriano e Grampola, sendo que este último havia marcado um golaço chapelando o goleiro da Pantera e completando de cabeça após um primeiro tempo que assustou o torcedor alviverde (o visitante havia ido pro intervalo vencendo por 1 a 0, gol de Júlio César). Os dois substitutos mudaram a cara do time e ainda fizeram os dois gols da primeira vitória do Periquito na competição.

Completando nosso giro tivemos a vitória magra do Luziânia em cima do Paracatu com o gol de Aldo aos 8 minutos de jogo. Após isso o Azulino até pressionou, mas não conquistou mais tentos. Chamou a atenção o fato de que o Paracatu só estava com oito jogadores registrados no BID – diga-se de passagem DE NOVO!!! – e teve que recorrer a integrantes dos juniores para poder entrar em campo e não repetir o papelão promovido na primeira rodada do ano passado.

Para todos os torcedores ficou o saldo positivo de que a festa da bola rolando desta vez ocorreu sem percalços que manchassem a competição logo na primeira rodada como nos anos anteriores, e ainda teve a média de gols de 2,83 por partida pra alegrar a galera ainda mais. Com tudo isso e uma campanha equilibrada como esta que está se desenhando temos tudo para ter a melhor disputa do Candangão em anos! É aguardar (e torcer) para ver.

Baiano acerta rescisão com Gama e se apresenta ao Brasília

 

Baiano se apresentou nesta tarde ao Colorado, onde foi recebido pelo vice-presidente Luis Eduardo Belmonte.

Baiano se apresentou nesta tarde ao Colorado, onde foi recebido pelo vice-presidente Luis Eduardo Belmonte.

Por Shizuo Alves, Ponto Marketing Esportivo

O volante de 37 anos, campeão do Candangão em 2015 pelo Alviverde, acertou a transferência para o rival Brasília Futebol Clube na manhã desta quarta-feira (20). Segundo informações apuradas pela Agência Ponto Marketing Esportivo, o contrato do jogador será até o final do ano e ele se apresentará hoje à tarde no CT do Brasília. Baiano já se despediu do Gama e da diretoria.

O atleta apresentou interesse em vestir a camisa do Colorado diretamente Clube, que pagará cerca de R$ 100 mil pela multa rescisória. A experiência de Baiano ajudará o plantel do Brasília na temporada de 2016, onde terá a Copa Verde, Copa do Brasil e Candangão no calendário. Os principais clubes onde Baiano atuou foram: Santos; Guarani; Atético-MG; Palmeiras; Boca Juniors; Rubin Kazan; Vasco e Náutico. Em Brasília jogou no Gama e Brasiliense.

Times candangos começam a dar as caras

20160111_112807

Os clubes que irão participar do Candangão 2016 começam a se apresentar para a disputa. Os mesmos estão se apresentando em eventos para a torcida e para os jornalistas para apresentação de novos jogadores e novos fardamentos para a temporada.

Nesta segunda foi a vez do Brasília, que realizou a apresentação de seu elenco no auditório do Estádio Mané Garrincha. O destaque ficou para o retorno do meia Gilmar, um dos integrantes do time que conquistou o título da Copa Verde em 2014. No mesmo evento foram apresentados os novos uniformes que o Colorado irá utilizar em 2016, fabricados pela marca italiana Givova.

O presidente Luis Felipe Belmonte falou aos jornalistas presentes que é intenção do clube passar a mandar jogos no Estádio Mané Garrincha assim como era feito antes da reconstrução do mesmo. “O Sobradinho tem a sua casa, o Gama também. É absolutamente natural que a casa do Brasília Futebol Clube seja em Brasília. Não precisamos abrir todo o estádio” disse.

Nos últimos anos o Avião mandou seus jogos no estádio Serejão em Taguatinga, tendo jogado esporadicamente também no Bezerrão. As duas primeiras partidas como mandante, contra Atlético Taguatinga e Santa Maria, já foram divulgadas pela FFDF tendo a arena da Copa 2014 como palco.

1914352_1657827411132538_5884261122239593382_n

Luziânia quer ser campeão novamente

Outro clube que realizou evento de apresentação foi o Luziânia. O Azulino fez a apresentação de seu elenco e de seu uniforme no último dia 4 no Centro de Convenções da cidade goiana. Boa parte da base do time que conquistou o quarto lugar no certame de 2015 foi mantida e outros jogadores provenientes dos juniores foram promovidos para reforçar o time principal.

Também os uniformes foram apresentados ao torcedores presentes ao local. A novidade no fardamento feito pela Tolledo Sports ficou por conta do uniforme reserva, com listras horizontais e escudo ao centro da camisa.

“Nao adianta um belo time no papel se não trabalharmos em campo. Para isso, trouxemos pessoas capazes de trabalhar para isso. Tudo está sendo feito para que as nossas estrelas possam brilhar. Eu tenho certeza de que alguns que estão comigo estão tão felizes como eu e vamos fazer tudo para que, com todo o respeito aos nossos adversários, possamos reluzir o Luziânia e que sejamos felizes no Candangão 2016”, disse o técnico azulino Ricardo Antônio.

O Colorado estreia diante do Atlético Taguatinga no dia 30 às 16h. No dia seguinte é a vez do Luziânia enfrentar o Paracatu também às 16h no estádio Serra do Lago.

Brasília perde e encerra participação na Copa São Paulo

20160110225127_225Na noite do último domingo Flamengo e Brasília realizaram o último jogo da segunda fase da Copa São Paulo de Futebol Junior no estádio Nogueirão em Mogi das Cruzes. O time carioca venceu o Coloradinho por 3 a 0 e avançou à competição.

O time candango não teve vida fácil em nenhum momento, prova disso é que com quatro minutos de jogo já teve uma penalidade marcada contra si – por sorte desperdiçada por Lucas Paquetá. Porém o jogador rubro-negro se redimiu quando, aos 11 minutos, aproveitou cabeçada de Dener para finalizar a gol e abrir o marcador.

O segundo gol veio aos 30, em uma bobeira da zaga vermelha quando dois jogadores não conseguiram deter Felipe Vizeu, que cara a cara com o goleiro ampliou o placar.

O resultado foi definido no segundo tempo, mais exatamente aos 28 da etapa complementar. A zaga do Avião tentou tirar a bola da área em ataque adversário, mas, fraca, a mesma foi parar nos pés de Patrick, que de primeira mandou forte para o fundo das redes.

Com isto o Brasília se despede da Copinha com uma vitória, um empate e duas derrotas, três gols marcados e seis sofridos. O Flamengo por sua vez avança de fase volta a enfrentar o Red Bull Brasil, seu adversário de grupo, no mesmo estádio na próxima quinta às 21h.

Divulgação/Brasília Futebol Clube

Brasília avança à próxima fase e Sobradinho dá adeus à Copinha

Lembram dos cálculos que deixamos para a torcida fazer no post anterior? Então, eles foram úteis para o Brasília, mas não para o Sobradinho.

É bem verdade que o Leãozinho fez bonito em sua última partida, na qual enfiou uma sacolada de 5 a 0 na equipe do São Bento no estádio Gilbertão, em Lins. Seria ideal para entusiasmar o time num possível prosseguimento da competição. Porém no jogo seguinte Linense e Botafogo empataram em 1 a 1, o que assegurou a vaga do time paulista, que ficou com um ponto a mais do que o time candango no Grupo 4 (5 contra 4).

Avgjq8RcZuFOEajSG-4w0HjtoxqnKCjAetHIWWySlOQ3Mas se o Alvinegro se despede o Colorado comemora. No estádio Salvador Russani em Atibaia o Brasília venceu bem a equipe da Portuguesa pelo placar de 2 a 0 e, assim como o Sobradinho no dia anterior, ficou no aguardo do jogo seguinte pra saber se avançava de fase. Neste caso o empate foi um bom resultado e o 0 a 0 entre Sport Atibaia e Goiânia garantiram ao Coloradinho a segunda posição no Grupo 23 com quatro pontos, uma a mais que o anfitrião.

Chamou a atenção os “comentários” no tempo real do site NetLusa, compartilhado pelo Cenas Lamentáveis. :)

Agora o Time do Avião, único representante restante na Copinha, terá um grande desafio pela frente. Enfrenta o Flamengo no próximo domingo às 20h30 no estádio Nogueirão em Mogi das Cruzes. A partida está com transmissão anunciada pelo Canal SporTV.

Times candangos perdem e se complicam na Copinha

gol

Leoninos comemoram o gol diante do Botafogo.

Mesmo com a novidade de duas vagas por grupo na Copa São Paulo de Futebol Junior os representantes candangos vão passar por dificuldades para avançar de fase na competição. Novamente os dois times, Sobradinho e Brasília, repetiram os placares de seus jogos, só que em vez de empate ambos foram derrotados por Botafogo e Goiânia respectivamente.

Na segunda o Leãozinho chegou a abrir o placar com Lucas Victor e ir para o vestiário no intervalo com esta vantagem, mas o time cedeu cedo à pressão botafoguense e permitiu o empate logo no início da etapa complementar. Foi questão de tempo para o time carioca aproveitar o melhor momento para fazer mais dois gols e definir o resultado final.

No dia seguinte o Coloradinho foi surpreendido com três gols num intervalo de 15 minutos diante do Goiânia, sendo que os dois primeiros tiveram início em cobranças de falta. Se serve de consolo o gol de honra marcado por Pedrinho foi um golaço de bicicleta. No segundo tempo o técnico Klesio Borges botou o time pra frente para reverter o placar adverso. Sem sucesso.

Agora nenhum dos dois times depende apenas de si pra se classificar. Para o Brasília é preciso vencer a Portuguesa e torcer para que o Sport Atibaia não vença o Goiânia. Já para o Sobradinho a situação é mais complicada, pois além de precisar vencer o São Bento ainda precisa torcer por vitória do Botafogo diante do Linense e diminuir a diferença no saldo de gols (-2 contra 1 dos anfitriões do grupo).

O Leão entra em campo nesta quarta às 17h. No dia seguinte é a vez do Colorado disputar a vaga às 14h.